sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

PROJETO O FASCINANTE MUNDO ENCANTADO DA LEITURA



Senhora Cláudia entregando o brinde
A coordenação da Biblioteca Pública de Ruropolis, juntamente com os professores do SOME da comunidade Água Azul, km-85, e direção da escola Darcy Ribeiro, teve o prazer de culminar o projeto: O Fascinante Mundo Encantado da Leitura no dia 24 de novembro de 2016, com a presença de alunos, professores e coordenador do SOME da comunidade Divinópolis. 
Professor Antonio Maciel entregando o brinde

Muitos prêmios foram distribuídos
O Projeto tinha como objetivo principal fazer com que o aluno reconheça a leitura como fonte essencial pra produzir bons textos. Como forma de incentivo foi premiada os melhores redatores.
Nesse projeto ainda teve sorteios de brindes, bolo, e refrigerantes para toda a comunidade presente. Cabe ressaltar ainda, que os alunos do SOME apresentaram paródias, poesias e um documentário sobre a existência do SOME na comunidade Divinópolis e Água Azul. Todo esse grandioso evento aconteceu com o apoio dos comunitários, alunos, professores do ensino médio, fundamental e comerciantes de Ruropolis. Desde já deixo os meus agradecimentos aos comerciantes que sempre me ajudaram nos projetos da Biblioteca com alunos do SOME e também a todas as pessoas que contribuíram pra que tudo acontecesse com sucesso. Desejo a todos um feliz Natal e Próspero ano novo. VEJA MAIS FOTMaria Viene Rodrigues de Almeida  – Coordenadora da Biblioteca
VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO. - Fotografias enviadas via WhatsApp




DOIS IRMÃOS SÃO ENCONTRADOS MORTOS NO ‘TRAVESSÃO DO CACHIMBÃO’.

Cartucho encontrado no lugar do possível crime
Corpos dos dois irmãos
Nesta quinta feira (08) por volta das 18hs, foram encontrados os corpos de dois irmãos em um lote da zona rural do município de Rurópolis, sudoeste do Estado. As vitimas são: Leonardo Nascimento Alves, 22 anos, e Juvanildo Nascimento Alves, 15 anos. Os corpos foram encontrados pelos nacionais; David de Sousa Moraes e Josefa Neves dos Santos, proprietários do lote, que fica localizado no Travessão “Cachimbão”, cerca de 55 km da sede do município. A polícia trabalha com a hipótese de execução, a tiros de espingarda, sendo que no local foi encontrado um cartucho deflagrado de Calibre 20. As Vítimas estavam serrando madeira e foram encontrados por volta de 13 horas. Uma guarnição da Policia Militar do município foi acionada e estiveram no local para colher algumas informações sobre o crime.

Por: Junior Ribeiro com informações da PM de Rurópolis (clique no link a seguir e veja a matéria original:  Junior Ribeiro - Itaituba/Pa

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

PROJETO BOM MENINO

Professora Domingas coordenadora do projeto com uma de suas alunas
Professora Domingas muito emocionada ao falar sobre o projeto
No dia 07 de dezembro de 2016 foi realizado o coquetel do PROJETO BOM MENINO coordenado pela professora Domingas Martins de Almeida o qual tem como objetivo principal acompanhar em algumas escolas da zona urbana do município, alunos com problemas de indisciplina, predisposição a criminalidade, falta de interesse, e desmotivação, no intuito de ajudar esses alunos a se redescobrirem e escrevem sua história de forma digna e com muita responsabilidade. Ao mesmo tempo o referido projeto procura reconhecer nos alunos exemplares da escola, o carinho e admiração pelo interesse e compromisso de cada um deles, e foi neste sentido que o coquetel realizado na noite do dia 07 premiou duas categorias de estudantes: ALUNOS DESTAQUES 2016 e ALUNOS SUPERAÇÃO 2016. Estavam presentes na ocasião vários empresário, bancários, e autoridades como a do Doutor Vilmar Durval Macedo Júnior, juiz de Rurópolis; Doutor Plínio Tisujy Barros. Defensor Público, além de vários profissionais, como a doutora Ivana Lemos os quais são parceiros do projeto e fizeram a premiação de todos os alunos eleitos pelos professores para estarem no referido evento.
Voluntárias que contibuem com o projeto
A noite foi recheada de emoções, os pais e alunos ali presentes, bem como todos os profissionais da educação tiveram motivos de sobra para deixarem cair algumas lágrimas.
O resultado do projeto em 2016 é uma prova mais que contundente de que o ser humano tem jeito e que vale a pena investir em nossas crianças afirma a anfitriã da noite professora Domingas Martins, a qual encerra seu pronunciamento fazendo um apelo: “precisamos de mais parceiros para o projeto”. Todos que desejarem contribuir basta procurá-la.
ALUNOS DESTAQUES 2016: Angélica Cruz da Silva, Lara Fernanda da França Silva, Giuerlisson Pereira da Conceição, Elisane da Costa Machado, Kaline de Oliveira Santos, Késia Sousa Santos, Karollyna Mell Ramos Kurtz, Mayara Alves de Sousa Gonçalves, Priscilla da Silva Feitosa, Zedequias da Silva e Silva, Carolina Castro Teretto e Kely Lorrana Santos de Sousa.
ALUNOS SUPERAÇÃO: Ademilton Pereira da Silva, Warlisson de Oliveira Brito, Leandro Oliveira da Silva, André Sousa Camargo, Mikael Silva de Oliveira, Josilane Wisniewski da Silva, Ranieri do Carmo da Silva e Pedro Pereira Soares.
Os prêmios foram entregues para os ALUNOS SUPERAÇÃO pelas autoridades a seguir: Doutor Bruno Fernandes, senhor Abdenags (BASA), Marcilone (BASA), Rutinéia (BASA), Sargento PM André, Professora Adenilza Dadalt, Doutor Vilmar Durval e Edria (BASA).
Os prêmios foram entregues para os ALUNOS DESTAQUES pelas autoridades a seguir: Doutora Ivana Lemos, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital, representante do SICREDI, Celma Modas, Pâmela (BRADESCO), Azimutt, Ítala (BASA), Doutor Plinio Tsuji Barros, Anália Confecções, José Filho, Professora Katia Cilene e Gesilena (BASA). VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO.

Texto da Assessoria de Comunicação do Projeto Bom Menino e fotografias de Herik Guilherme Burmann Marinho





quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

SERVIDOR TEM PRISÃO TEMPORÁRIA DECRETADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

Fórum de Rurópolis (foto extraída do Google)
Chefe do Cartório Eleitoral e o Promotor de Justiça Bruno Fernandes
A justiça do município de Rurópolis acolheu a representação do Ministério Público, por intermédio do promotor de justiça Bruno Fernandes Silva Freitas e decretou prisão temporária do servidor VALMIR JOSÉ DE OLIVEIRA VALE JUNIOR que trabalha no Tribunal Regional Eleitoral, pelo crime de prevaricação e corrupção passiva. As provas buscadas não poderão exceder a 5 dias. 
De acordo com uma denúncia anônima que chegou ao Ministério Público, o servidor Valmir Junior estaria em negociação para dar parecer favorável à aprovação de contas da candidata eleita à prefeitura de Placas, Leila Raquel, entrando em contato por telefone, retardando ato de ofício enquanto negociava valores.  "Segundo a investigação, o servidor, cobrou o valor de 11 mil reais da Advogada Edmária Oliveira Correia, para realizar e assinar parecer favorável à aprovação de contas da Prefeita eleita de Placas Leila Raquel Posimosser Brandão", conta o promotor Bruno Freitas.
Conforme o depoimento testemunhal, além da cobrança feita para aprovação das contas da prefeita eleita, o investigado também teria informado à advogada citado ao norte que estaria em posse do processo do vereador suplente eleito José Maria; mas quanto a este caso, o acusado não chegou a fazer cobrança à advogada.
Testemunhas relatam ainda que, o acusado foi à lotérica no dia 2 de dezembro onde sacou um montante desconhecido pela testemunha, e que retornou no dia 5 do mesmo mês para efetuar um depósito de 2.400 reais, que foi divido em contas distintas, uma vez que o limite diário de depósito da lotérica é de 1.500 reais, sendo depositado 900 na própria conta do investigado. PEDIDO  Após as denúncias deitas ao Ministério Público e diante da necessidade de se consolidar a denúncia anônima, a promotoria entendeu a necessidade de medidas cautelares de busca e apreensão: pessoal, domiciliar e a busca e apreensão do sistema de monitoramento da lotérica da cidade, bem como dos relatórios diários de movimentação dos caixas emitidos por cada terminal. De acordo com o promotor, o sistema de monitoramento permitirá identificar o dia e horário em que o suspeito realizou depósito ou saque, e com extrato do relatório de movimentação do caixa se saberá qual a conta corrente/poupança movimentada, seja a que creditou, quanto a que houve saque, de titularidade do suspeito. Além de buscas e apreensões foi solicitado o depoimento do acusado, para se tomar conhecimento o modo de execução do delito, o que justifica sua prisão temporária. Para o promotor, a permanência do suspeito em liberdade certamente prejudicaria a coleta de provas pela autoridade investigante, bem como poderia vir a aliviar da aplicação penal, fugindo da comarca. “Apesar das poucas provas abordadas ao requerimento, merece ser deferido o pedido formulado pela autoridade policial, além da necessidade de segregação provisória do suspeito, pois há fundada suspeita da participação do mencionado no delito”, afirma Bruno Freitas. Texto: Michele Lobo
Texto: Michele Lobo
Revisão: Edyr Falcão (veja a matéria original clicando no link a seguir: 

Ministério Público do Estado do Pará


MUNÍCIPES FAZEM MANIFESTAÇÃO PEDINDO A PERMANÊNCIA DO PROMOTOR DE JUSTIÇA

Manifestantes pedindo a permanência de Doutor Bruno na promotoria de Rurópolis
Promotor  Bruno Fernandes, e
Procurador Geral de Justiça Marcos Antônio
Foto: Adaias Torres
Manifestantes com cartazes pedindo a permanencia do
Promotor
Em um fato histórico, o Procurador Geral de Justiça do Estado do Pará, MARCOS ANTÔNIO FERREIRA DAS NEVES faz uma turnê pelos municípios conhecendo um pouco da realidade das comarcas existentes no Estado. Ontem, terça feira (06), às 16h20min, chegou em uma comitiva, onde foi recebido pelo Promotor de Justiça DOUTOR BRUNO FERNANDES, e a equipe de colaboradores no Fórum da Comarca de Rurópolis. 
Em um clima de receptividade até eufórico por populares em reconhecimento e agradecimento pelos relevantes serviços prestados pelo representante do Ministério público em Rurópolis através da pessoa do Promotor de Justiça Doutor Bruno Fernandes.
Um número significativo de munícipes se aglomerou em frente ao Fórum para manifestar o pedido ao procurador geral através de cartazes com a campanha "Fica Doutor Bruno". Porém, pelo fato de a comarca de Rurópolis já ter seu representante titular do Ministério Publico na pessoa da Doutora MARIANA CAVALEIRO DE MACÊDO DANTAS, que assumirá em Janeiro de 2017, se torna impossível.
Promotor Bruno falando com os manifestantes
Por sua vez o Doutor Bruno Fernandes assumirá a Comarca de Anapu, onde irá dar continuidade ao seu trabalho. Trabalho este que nós de Rurópolis, acreditamos que a palavra mais adequada é: "VANGUARDA", pois a cidade foi testemunha de algo inédito, onde era pratica comum no "seguimento eleitoral", alguns poderosos buscar guarida no poder econômico e aparelhamento através de instituições e alguns que detinham o poder para cometer desmando.
Por sua vez o Ministério Público, atuou não somente no eleitoral, mas nas outras áreas com lisura e transparência, buscando manter imparcialidade em suas ações. Daí mais do que justificada a manifestação dos populares.
Os manifestantes foram convidados a adentrarem o Fórum para complementação da manifestação onde a mensagem transmitida foi: “OBRIGADO DR. BRUNO FERNANDES”. Esperemos que sua sucessora, Doutora Mariana, possa dar seguimento a esse trabalho de vanguarda a que se deu início em nosso Município. Temos certeza, que com o exemplo deixado pelo Doutor Bruno, a titular da promotoria, já terá seu trabalho facilitado, e dará continuidade, não fazendo nada de diferente, apenas cumprindo com as obrigações e deveres emanados do cargo. Vale ressaltar, que ninguém pediu a saída do Doutor Bruno do município, ele já veio sabendo que não ficaria, pois veio substituindo a ausência da Doutora Mariana, que já era a titular. VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO.

Texto de Adaias Torres e fotografias de Eliane Gerhardt





INCRA APURA ILÍCITO E AUXILIA MPF COM DADOS PARA AÇÕES PENAIS CONTRA GRILEIROS

Área em questão
Rabelo, representante do INCRA  e a Engenheira e Advogada Elizangela
Gemanaque que fará a apuração in loco dos inlícitos.
A Polícia Federal prendeu o empresário JEVELIS GREY PANASSOLO, acusado pelo MPF de ameaçar assentados em Rurópolis, no oeste do Pará, para continuar a explorar ilegalmente área de assentamento.
O MPF, autor do pedido de prisão, acusa Panassolo e o pecuarista Ruy Villar de Lima Sampaio Júnior de terem grilado (tomado posse de terra pública por meio de fraudes em documentos) o imóvel denominado Fazenda Cachoeirinha, em Rurópolis.
O INCRA é assistente de acusação do MPF nas ações penais contra os réus Jevelis Panassolo e Ruy Villar. Vários setores do órgão atuaram e continuam a trabalhar nesse caso.
A Procuradoria Federal Especializada (PFE) a serviço do INCRA apontou a falsificação de certidão do órgão, utilizada para obter licença de plano de manejo que incide sobre três assentamentos em Rurópolis: PDS Novo Mundo, PDS Cupari e PA Paraíso.

A retirada de madeira nessa área originava diversos conflitos, os quais já tiveram a mediação da Ouvidoria Agrária Regional e o acompanhamento da Unidade Avançada do INCRA em Itaituba.
Atualmente, uma equipe do Incra realiza vistorias para examinar esse plano de manejo, tendo em vista os indícios de que fora autorizado com base em falsificação de documento do órgão e de assinatura de um então superintendente do órgão em Belém (PA).
Doutora Elizangela ouvindo as denuncias dos assentados em em reunião
na sede da Unidade do INCRA em Rurópolis, no dia 20 de novembro

O relatório dessas vistorias do INCRA pode vir a subsidiar pedido para rever decisão judicial que liberou esse plano de manejo – apesar de contestação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade -, em ação que tramita na Justiça do Estado do Pará.
A Polícia Federal prendeu o empresário Jevelis Grey Panassolo, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ameaçar trabalhadores rurais assentados em Rurópolis, no oeste do Pará, para continuar a explorar ilegalmente área de assentamento da qual o empresário se apossou com uso de documentos falsos. Para fazer as ameaças, o empresário utilizava até equipe armada, denunciaram os assentados.

Realizada no final de novembro por determinação da Justiça Federal em Santarém, a prisão só foi divulgada nesta segunda-feira, 5 de dezembro, para preservação de sigilo processual. O empresário já entrou com pedido de soltura no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, e aguarda decisão.
O MPF, autor do pedido de prisão, acusa Panassolo e o pecuarista Ruy Villar de Lima Sampaio Júnior de terem grilado (tomado posse de terra pública por meio de fraudes em documentos) o imóvel denominado Fazenda Cachoeirinha, em Rurópolis.
Representantes do INCRA com representantes dos assentados
na reunião do dia 20 de novembro

Por meio de falsificação de certidão do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e da apresentação de informações mentirosas ao Tribunal de Justiça do Estado, Ruy Villar Júnior conseguiu que a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas) fosse obrigada a aprovar um plano de manejo para a área grilada, apesar de o INCRA e a Semas terem apontado uma série de provas da falsidade da certidão.
Segundo levantamento do INCRA citado na ação pelo procurador da República Camões Boaventura, Ruy Villar Júnior e Jevelis Panassolo estão vinculados, direta ou indiretamente, a diversas denúncias de tentativas de apropriação de terras da União, extração ilegal de madeira e ameaças e conflitos com famílias assentadas.
Panassolo responde, ainda, por uma denúncia de crime de submissão de 11 trabalhadores a trabalho escravo.
O MPF pede à Justiça que Ruy Villar Júnior seja condenado a até 21 anos de prisão e multa pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso e fraude processual.
Para Panassolo o MPF pede à Justiça a condenação a 32 anos e seis medes de prisão e multa pelos crimes de uso de documento público falso, fraude processual, ameaça e desmatamento ilegal de 19 mil hectares.

Informações de Luis Gustavo/INCRA OESTE DO PARÁ. (acesse o link a seguir e veja a matériaoriginal: Incra Oeste do Pará | Reforma agrária e cidadania ... - WordPress.com) Veja também a matéria da reunião realizado no dia 20 de novembro em Rurópolis: 

representantes do incra reune-se em rurópolis com promotor público ...



terça-feira, 6 de dezembro de 2016

MADEIREIRO ACUSADO DE GRILAGEM É PRESO NO PARÁ

Empresários são acusados de usar documentos falsos para grilar terras e explorar madeira ilegalmente (Foto: Mario Tama/Getty Images)

Valdelino Rabelo Alves, representante do INCRA ouvindo a denuncia dos
agricultores em reunião no dia 22 de novembro
A Polícia Federal prendeu o empresário Jevelis Grey Panassolo, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ameaçar trabalhadores rurais assentados em Rurópolis, no oeste do Pará, para continuar a explorar ilegalmente área de assentamento da qual o empresário se apossou com uso de documentos falsos. Para fazer as ameaças, o empresário utilizava até equipe armada, denunciaram os assentados.
Realizada no final de novembro por determinação da Justiça Federal em Santarém, a prisão só foi divulgada nesta segunda-feira (5/12), para preservar o sigilo processual. O empresário já entrou com pedido de soltura no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, e aguarda decisão.
O MPF, autor do pedido de prisão, acusa Panassolo e o pecuarista Ruy Villar de Lima Sampaio Júnior de terem grilado (tomado posse de terra pública por meio de fraudes em documentos) o imóvel denominado Fazenda Cachoeirinha, em Rurópolis.
Assentados na Sede da Unidade do INCRA em Rurópolis no dia
22 de novembro.

Segundo o MPF, por meio de falsificação de certidão do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e da apresentação de informações mentirosas ao Tribunal de Justiça do Estado, Ruy Villar Júnior conseguiu que a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas) fosse obrigada a aprovar um plano de manejo para a área grilada, apesar de o INCRA e a Semas terem apontado uma série de provas da falsidade da certidão.
Segundo levantamento do INCRA citado na ação pelo procurador da República Camões Boaventura, Ruy Villar Júnior e Jevelis Panassolo estão vinculados, direta ou indiretamente, a diversas denúncias de tentativas de apropriação de terras da União, extração ilegal de madeira e ameaças e conflitos com famílias assentadas. Panassolo responde, ainda, por uma denúncia de crime de submissão de 11 trabalhadores a trabalho escravo.
O MPF pede à Justiça que Ruy Villar Júnior seja condenado a até 21 anos de prisão e multa pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso e fraude processual. Para Panassolo o MPF pede à Justiça a condenação a 32 anos e seis medes de prisão e multa pelos crimes de uso de documento público falso, fraude processual, ameaça e desmatamento ilegal de 19 mil hectares.
Vale ressaltar, que apesar dos assentados já terem feito a denuncia ao Ministério Público Federal, no dia 20 de novembro, os mesmo solicitaram uma reunião com representantes do INCRA, Ministério Público, representante do SINTRAF e foram atendidos. Os agricultores reunidos, puderam formalizar suas denuncias às autoridades, em reunião que se realizou nas dependências da Unidade Avançada do INCRA, com sede em Rurópolis (veja matéria referente a reunião clicando no link a seguir: representantes do incra reune-se em rurópolis com promotor público ...)
POR VENILSON FERREIRA (veja a matéria original clicando no link a seguir: Madeireiro acusado de grilagem é preso no Pará - Globo Rural ...)

TELE MENSAGEM LOUCURAS DE AMOR


Emocione quem você ama como uma linda tele mensagem. Mensagens para todas as ocasiões: Aniversário, romântica, paquera, pedido de namoro, noivado, casamento, reconciliação, maternidade, etc. Temos também mensagem fonada e mensagens ao vivo com o carro de som, acompanhado de chuva de prata, queima de fogos e lindas cestas de café da manhã e cestas com chocolates. Estamos a seu dispor, DISK EMOÇÃO: 998169  4913. VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO.



segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

FELICIDADES MÃE AMADA E ADORADA

A aniversariante, com filha e netos 

Senhora Lindale com a
aniversariante
Hoje, dia 05 de dezembro, a familia COSTA SOUSA está comemorando mais um ano de feliz existência de sua matriarca senhora TEREZINHA COSTA SOUSA. A senhora Lindale Sousa, em nome de seus irmãos, nos mandou essas fotos e esse texto, para homenagear sua querida genitora por esse dia tão feliz:
Minha mãe amada e adorada, espero que este dia esteja sendo memorável para a senhora, que possa comemorar pela graça do Senhor mais essa etapa de sua vida, vencendo o mal, a derrota e a dor, porque nosso Pai quer que sejamos felizes, e em paz com o mundo.
Mãe, eu dou graças a Deus por sua vida, por ser sua filha e por aprender tanto com seu amor de mãe. Creio que Deus sempre tem grandes bênçãos para sua vida, pois você tem sido uma mulher fiel, cheia de fé e com o coração repleto de amor.
A aniversariante com o seu marido

O neto com a aniversdariante
Você tem andado com paciência buscando sempre o melhor para a sua vida. Deus tem guardado seus passos, tem sustentado sua fé e esse amor é repassado. Eu sinto isso porque sou sua filha, sou fruto do seu amor, sou parte da sua história, um pedaço do seu mundo e um sonho que se realizou na sua vida.
Que Deus lhe conserve assim; especial, amiga, mãe e serva desse Deus que pode todas as coisas. Amo muito você, e não tenho dúvidas de que sua capacidade de ser exemplo de amor continuará vencendo os limites do tempo. Feliz aniversário a essa mãe maravilhosa!

Que o céu cubra você de bênçãos como recompensa pelo coração bondoso que existe no seu peito! Parabéns, minha mãe!
OBRIGADA SENHOR POR DISPENSAR PARA NÓS O QUE TINHA DE MELHOR NO CÉU PARA CUIDAR DE NÓS!!
HOJE ESTAMOS TODOS AGRADECIDOS PELO PRIVILEGIO DE FAZER PARTE DESSA HISTORIA...
QUE TENHAMOS O PRAZER DE VIVENCIARMOS MAIS "61" ANOS AO LADO DELA!!!!!
QUE O SENHOR ESTEJA CADA DIA AO LADO DELA COMO SEMPRE O FEZ!!!!
QUE A PROTEJÁ LHE DANDO ACIMA DE TUDO PAZ!!!

DESEJAMOS QUE ELA SEJA ETERNA PRA NÓS! !!
FELICIDADES MÃE! !!


AGRADECIDOS ETERNAMENTE SEREMOS
FELIZ ANIVERSÁRIO DONA TEREZINHA COSTA SOUSA!!!

Dos filhos:
Leilinha Costa
Lindale Sousa
Leinaide Costa
Livaldo Costa

Linaldo Costa

TRÊS ELEMENTOS ACUSADOS DE ROUBO FORAM PRESOS AINDA POUCO EM RURÓPOLIS PELAS POLICIAIS CIVIL E MILITAR

Na manhã de Segunda feira na cidade de Rurópolis, por volta das 11h00min em uma operação conjunta entre as Policias Militar e Policia Civil, os policiais civis ao comando do delegado Ariosnaldo Vital Filho os policiais colocaram atrás das grades três elementos acusados de estarem cometendo  roubos na cidade.
Segundo informações que nos foram repassadas pelo Major Alexandre comandante da 17ª CIPM de Rurópolis, na noite de ontem (Domingo) os vagabundos rederam uma família e na ocasião levaram uma caixa de som e uma moto motocicleta modelo BIZ.
Quem esteve no comando da GU da PM na ação foram os policiais CB Vander, SD, Willison, Ivanilson, e Armando. Segundo informes um dos elementos é de Rurópolis e recentemente foi liberado do presídio mais já voltou a roubar. Os três gatunos foram encaminhados para a delegacia da Policia Civil, onde estão agora frente a frente com o Delegado Ariosnaldo Vital Filho.

Matéria extraída na íntegra do blog do Elias Junior Noticias  (clique no link e veja a matéria original:Três elementos acusados de roubo foram presos ainda pouco em Rurópolis pelas policiais Civil e Militar

PÁROCO PADRE JEAN PAUL, AGRADECE E COMENTA SOBRE A PASSAGEM DA IMAGEM PEREGRINA EM NOSSO MUNICÍPIO

Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Aparecida visitando o interior...
Imagem Peregrina visitando as comunidades
“VIVA MÃE DE DEUS E NOSSA. SEM PECADO CONCEBIDA! SALVE VIRGEM IMACULADA, Ó SENHORA APARECIDA”.
 Com esse refrão do hino da Padroeira do Brasil, queremos agradecer a todas as pessoas que colaboraram para que a Imagem de Nossa Senhora Aparecida fizesse uma boa peregrinação no território de nossa Paróquia Católica aqui no município de Rurópolis, no Estado do Pará.
Foram cinqüenta e três dias que a Santa passou conosco. Visitamos todas as comunidades da nossa paróquia. Onde tivemos oportunidade, visitamos as famílias nas suas casas. No rosto do povo podemos perceber o sofrimento misturado com alegria de ser visitada. Nossa Senhora Aparecida, Maria Mãe dos caminhantes nos ensinou a caminhar com fé e amor.
Uma experiência única, porque muitos falaram que 50 anos atrás receberam a imagem da Nossa Senhora Aparecida no Estado do Paraná.
Residencias...

Nessa peregrinação com a imagem da santa, ouvimos também as antigas acusações contra a Igreja Católica: “Os católicos praticam a Idolatria, fazendo e adorando imagens, o que Deus proíbe na Bíblia dizendo: “Não farás para ti escultura alguma do que está em cima nos céus, ou abaixo sobre a terra, ou nas águas, debaixo da terra”
(Êxodo 20,4).
Queremos reafirmar nossa caminhada de fé com uma resposta que podemos dar para esses nossos Irmãos e irmãs. Essa resposta pode ser encontrada no mesmo Livro da Bíblia (livro de Êxodo). O mesmo Deus manda Moisés fazer dois querubins de ouro e colocá-los por cima da Arca da Aliança (Ex 25,18-20). Manda-lhe também fazer uma serpente de bronze e colocá-la por cima duma haste, para curar os mordidos pelas serpentes venenosas (Números 21, 8-9). Mande ainda a Salomão enfeitar o templo de Jerusalém com imagens de querubins, flores, bois e leões (Ireis 6,23-24 e 7,29).
Enfermos,
Seria uma grave blasfêmia de esses Irmãos considerarem Deus como INCOERENTE, já que num lugar da Bíblia manda fazer imagens, esquecendo que no outro lugar o teria proibido. A história do cristianismo nos mostra os cristãos martirizados aos milhares porque se recusaram a adorar imagens de deuses falsos. Eles estudaram a Bíblia com mais respeito e também com atenção. Somos fruto de uma tradição. A tradição dos Apóstolos.
Nós católicos não adoramos Imagens, mas VENERAMOS as imagens dos Santos e Santas. O sentido da VENERAÇÃO das imagens, segundo a tradição dos Apóstolos (Igreja Católica, Apostólica), esta resumida nesta bênção de imagens, do ritual Católico:
Padre Jean Paul com a imagem Peregrina e os fiéis

“Deus eterno e todo-poderoso, não reprovais a escultura ou a pintura das imagens dos Santos. Para que à sua vista possamos meditar os seus exemplos e imitar as suas virtudes. Nós vos pedimos que abençoeis e santifiqueis esta imagem feita para recordar e honrar o vosso Filho Unigênito e nosso Senhor Jesus Cristo. Concedei a todos os que diante dela desejarem venerar e glorificar o vosso Filho Unigênito, que por seus merecimentos e intercessão, alcancem no presente a vossa graça e, no futuro, a gloria eterna. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém”.
Foi com tristeza e alegria que entregamos a Imagem da Nossa Senhora para os missionários da Região III da Prelazia de Itaituba para a continuidade da peregrinação de 300 anos de Bênçãos. Tristeza porque o símbolo vivo de nossa mãe Aparecida não esta mais aos nossos olhos para nossa devoção. Alegria porque cumprimos nosso dever de cristão venerar a mãe de Nosso Salvador.
Uma coisa que temos certeza é que: “quem está com Maria está mais perto de Jesus”.
Pedimos a bênção de Deus com essa oração de Nossa Padroeira:
“O Virgem Santa rogai por nós, pecadores junto ao Deus pai que livrai-nos do male e das dores. Que todo homem caminhe tocado pela fé crendo na graça Divina esteja como estiver. Abençoai nossas casas, as águas, as matas e o pão nosso a luz de toda manhã, o amor sobre o ódio iluminai a cabeça dos homens, te pedimos agora e que o bem aconteça Nossa Senhora” VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAICO.

Pe. Jean-Paul Komi SIKPE, SVD