sexta-feira, 3 de junho de 2016

DEVIDO A GRANDE PROCURA DO ATENDIMENTO MÉDICO A AÇÃO SOCIAL DE SAÚDE VISUAL PODE SE PROLONGAR POR MAIS ALGUNS DIAS.

Palestra com o Optometrista David Islan
Doutor William Landan coordenador da equipe médica
Numa realização da ONG B’NAI SHALOM MASHIACH, com apoio Prefeitura Municipal, Secretaria Saúde, de Assistência Social, e de Educação desde o dia 30 de maio, vem ocorrendo nesta cidade de Rurópolis, a 1ª SEMANA DE SAÚDE VISUAL, que deveria ir até hoje, dia 03, mais, por haver ainda centenas de pessoas oriundas das colônias e municípios vizinhos, estão vendo um meio do prazo se estender por mais alguns dias. A I SEMANA DA SAÚDE VISUAL está sendo realizada nas dependências do Hotel Presidente Médici. 
Atendimento com profissionais qualificados
Diariamente há uma importante palestra com David Islan, Optometrista (profissional especializado no estudo da visão, especificamente nos cuidados primários da saúde visual) da ONG que fala sobre a anatomia e fisiologia do olho humano, explicando os pormenores das disfunções da visão e fazendo as recomendações necessárias quanto aos cuidados com os olhos. Funcionários da Prefeitura e das secretarias envolvidas estão fazendo os cadastros e a triagem é feita por um dos profissionais da ONG. 
Pessoal da triagem
Os exames de fato, acontecerão na próxima semana, onde nessa ocasião médicos oftalmologistas indicarão o corretivo necessário para aqueles que precisarem. Os representantes da BSM Saúde explicaram que as consultas, os exames e as armações de óculos serão gratuitos, os pacientes irão pagar apenas as lentes. Caso o paciente optar em comprar as lentes em ótica local, não haverá nenhum problema.

Pessoal do cadastro
Conversamos com o coordenador da equipe médica, Doutor William Landan, e ele nos falou que sua equipe no momento está composta de oito pessoas, sendo três médicos e cinco assistentes. Que eles representam uma ONG judaica denominada B’NAI SHALOM MASHIACH (FILHOS DA PAZ DO MESSIAS), com sede em São Paulo, atuando na região Norte e Nordeste, haja vista, serem uma das regiões mais carentes do Brasil. Ainda com informações do Doutor William, a AÇÃO SOCIAL DE SAÚDE VISUAL, não tem nenhum, vínculo político ou partidário, mas, devido à dificuldade da equipe de profissionais que necessitam de espaço para a realização de seus trabalhos, estadia e alimentação, são feito a parceria com as prefeituras e secretarias nos municípios onde serão realizados os serviços, de onde recebem esse apoio. De acordo com o assessor de comunicação Rodieks de Jesus, até o presente já foram cadastradas mais de três mil pessoasVEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO.



















Pessoal do cadastramento



Aguardando atendimento


Fazendo o exame

























Sala de triagem

Um comentário: