quarta-feira, 16 de agosto de 2017

PREFEITURA APRESENTA ALIMENTOS QUE SERÃO ENTREGUES À FAMÍLIAS CARENTES.

Primeira Dama e voluntária na Defesa Civil senhora Maria Padilha, Prefeito Joselino TAKÁ Padilha e Tenente Da Silva
Cheque que foi recebido pelo Prefeito no dia 08 de junho
Nesta terça-feira (15/08), feriado Estadual, ás 09 horas da manhã, em rápida cerimônia no ginásio municipal, o Prefeito de Rurópolis Joselino Padilha Taká, Secretários, e Defesa Civil, apresentaram à sociedade os produtos adquiridos com recursos do Ministério da Integração Nacional, via Defesa Civil para atender famílias que passaram e ainda passam por dificuldades devido o período chuvoso nos primeiros meses do ano. A partir desta quarta-feira (16), a equipe da Defesa Civil de Rurópolis Coordenada por Miguel Pereira Neto, entregará nas residências de todas as pessoas que foram cadastras em todo o município, 650 Cestas de alimentos contendo: 
Alimentos que será entregues à famílias carentes
Arroz, Feijão, Macarrão, Óleo de soja, Leite em pó, Farinha, Café, Açúcar, Bolacha e etc. 3.200 Galões de água mineral contendo 20 litros cada; 2.500 Quites de higiene pessoal contendo Sabonetes, Creme dental, Papel higiênico, Escovas de dente, (01) uma toalha de rosto e outros produtos de uso pessoal. Todo esse produto foi adquirido através de um grande esforço feito pelo governo do município de Rurópolis que fez um levantamento das famílias em situação de dificuldades e apresentou o pedido de ajuda ao Ministério da Integração Nacional, ainda no inicio do Governo;
Prefeito Joselino TAKÁ Padilha, com sua equipe de governo, Vereadores,
 e representante da Defesa Civil do Estado do Pará
no dia 08 de junho o Prefeito Taká recebeu em Santarém das mãos de Ministro Helder Barbalho um cheque no valor de quase R$ 240.000,00, que foi usado para a compra de tudo que será entregue as mais de seiscentas famílias que foram cadastradas. A Equipe da Defesa Civil de Rurópolis vem trabalhando firme para que esses produtos, 01- Uma cesta de alimentos, 01- Galão de água e Quites de higiene pessoal sejam entregues o mais rápido possível aos necessitados.  O Coordenador da Defesa Civil em Rurópolis Miguel Neto recomenda ás pessoas que esperem em suas casas que os produtos chegarão, não é necessário irem até a Defesa Civil.
Tenente Da Silva, Prefeito Joselino TAKÁ Padilha, e o presidente da
Câmara Vereador Anderson Guimarães
Ainda segundo o Coordenador, não tem cestas de sobras, somente as famílias que foram cadastradas anteriormente que são 650, vão receber o beneficio. O Prefeito Taká, agradeceu o empenho da Defesa Civil local, da Defesa Civil do Estado representada pelo tenente Da Silva que veio acompanhar e fiscalizar a entrega dos produtos; Taká ainda agradeceu o Ministro da Integração Nacional Helder Barbalho que "sempre tem olhado com bons olhos para o município de Rurópolis". Disse que gostaria que esse produto chegasse a mais famílias, que sabe que é pouco, mas, que infelizmente tem muitas pessoas que não tem nem o básico, que tudo está sendo 
Empresário Vilson Hermes, Coordenador da Defesa Civil Miguel Neto,
Primeira Dama Maria Padilha, Prefeito Joselino Padilha e Tenende Da Silva
feito respeitando as regras para que o município não tenha problemas na prestação de contas e se no próximo ano precisar novamente estará apto a ser beneficiado.  No feriado de adesão do Pará a independência do Brasil, o rápido evento contou também com a presença de secretários do governo e vereadores; Mansuete Siqueira (Administração), Denival Aleixo (Chefe de gabinete), Jurandir Ferreira (educação), Fernanda Cardoso (saúde), Solange Beatriz (assistência social) Luiz Medeiros (agricultura) Éder Baségio (SEMMA), e chefe de setores, Wendel (cultura), Petezinho (Terras): Vereadores: Anderson Guimarães Presidente da Câmara; Jonas Lourenço, Vice Presidente; Neguinho Labigó, Sergio Ribeiro, Elias Zanetti, Marcelo da Piçarreira, e Robson Alves, além de outras lideranças. Essa é mais uma ação do Governo Trabalho e Desenvolvimento, do Prefeito Taká, que não poupa esforços para diminuir as dificuldades por que passam inúmeras famílias, em um município que após 30 anos de emancipação, mais de 40 de fundação passa por dificuldades que já deveriam ter sido solucionados. VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO.


Texto e fotografias sob a responsabilidade total de Paulino Magno – ASCOM/P.M.R.




terça-feira, 15 de agosto de 2017

FACULDADE FAEL INTERATIVA DE RURÓPOLIS

Vestibular FAEL na cidade de Placas dia 18/08/2017 às 19:00, na Escola Ana Faleiro, Bairro São Francisco, faça agora sua inscrição por apenas R$ 25,00 reais;
Não perca essa oportunidade de entrar na maior faculdade interativa do Brasil;
WhatsApp (93)-99191-8242.


domingo, 13 de agosto de 2017

EQUIPE DO FÁBIO LUCAS É O GRANDE CAMPEÃO DO 3º CAMPEONATO SOCIETY FLOR DA SELVA

Equipe do FÁBIO LUCAS grande CAMPEÃ
Equipe do SEU MADRUGA - VICE CAMPEÃ
Ontem, sábado (12/08), nos deslocamos até a Comunidade Flor da Selva, mais conhecida como “Petezinho”, para prestigiar o encerramento do 3º campeonato Society que estava sendo realizado naquela localidade. O 3º CAMPEONATO SOCIETY FLOR DA SELVA, teve inicio no dia 20 de maio do corrente ano, com a participação de dezoito equipes: D. S. M., Flor da Selva, Barcelona, Real Madri, Paratudo, Milan, Distribuidora Matos, Distribuidora Rodrigues, Canela de Fogo, Seu Madruga, Fábio Lucas, Real Madruga, Piçarreira, 12 de Outubro, Esportivo, Cred Master, Gauchão e Tambor. 
Arbitragem da grande final
Foram dez rodadas na primeira fase, mas as quartas de final, semifinais e neste dia 12 de agosto, a grande final entre as equipes de FÁBIO LUCAS X SEU MADRUGA, tornando-se a grande campeã, a equipe do FÁBIO LUCAS. Várias pessoas se fizeram presentes para prestigiar a programação, que começou pela manhã, com muita música, muito churrasco, não faltando à cerveja estupidamente gelada. O evento contou com a presença do Prefeito Joselino TAKÁ Padilha, Vereador Robson Alves, vereador Maciel Albuquerque, Diretor de Esporte, Ozimar Ferreira, senhor Ferreira e família, família Siqueira e Dallabrida, família Padilha, Paulino Magno, Assessor de Comunicação da PMR, André Scalabrin e família (pai, mãe, tios, irmãs, sobrinhos, etc.), Rak França e família, dentre outras de tão importâncias quanto essas que foram citadas.
Prefeito Joselino TAKÁ Padilha, com amigos
Na parte do dia, a sonoridade ficou por conta do DJ KLEBER e à noite, para animar a festa, o som ficou sob a responsabilidade da BANDA MÍDIA. A premiação ficou acordada que seria entregue à noite no intervalo da festa dançante. A Comunidade Flor da Selva agradece a todas as equipes participantes do campeonato e todas as pessoas que estiveram presentes nesse período, para torcer por suas respectivas equipes, e espera contar com a participação de todos no próximo campeonato. Só relembrando, a Comunidade Flor da Selva, que é mais conhecida como “Comunidade do Petezinho”, fica localizada no km 160, na Rodovia Transamazônica, tem como presidente o senhor Roque Alceu Bervanger, e conta como membros da diretoria, o senhor Alex Chimiti Padilha, Ilse Gerhardt, e Elisiane Dallabrida. O presidente, em nome da Comunidade, agradece ao Prefeito Joselino TAKÁ Padilha, todo apoio e atenção que está prestando a aquela localidade, tanto no período do campeonato, como também na realização de serviços de limpeza e recuperação das ruas e vicinais. VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO




sexta-feira, 11 de agosto de 2017

INFORMAÇÕES DA CÂMARA DE VEREADORES...

Presidente da Câmara Anderson Guimarães sendo homenageado pelos companheiros, amigos e familiares no dia de
seu aniversário
Vereador Marcos Furtado
Vereador Raimundo Nonato
Hoje, 11 de agosto de 2017, sexta feira, dia oficial das reuniões ordinárias na Câmara de Vereadores. Por motivos justificados, estiveram ausentes os Vereadores Sebastião Rodrigues da Silva e Ismael Carvalho Cunha. Houve sessão normalmente, e a reunião como sempre, teve a abertura proferida pelo Presidente da Casa, Vereador Anderson Guimarães, o qual, apos outros assuntos debatidos pelos legisladores, realizou a votação e aprovação de requerimentos emitidos pelos mesmos. 
Vereador Edegar da Rocha
Vereador Guto Touta
Oito requerimentos foram expedidos e aprovados neste dia, como também uma Monção de Aplausos. O vereador ROBSON ALVES DA COSTA, através do Requerimento nº 210 do corrente ano, requereu ao Excelentíssimo Prefeito Joselino TAKÁ Padilha, para que seja implantada em todos os logradouros públicos do município, e nas comunidades, a COLETIVA SELETIVA; Vereador MARCOS JOSÉ DA SILVA FURTADO entrou com o requerimento de nº 222, requerendo que seja viabilizada a eliminação de uma cratera (buraco), que há quinze anos existe na Rua Belo Horizonte, Bairro Alvorada, observando sempre um estudo de engenharia e impacto ambiental;
Vereador Maciel Albuquerque
Vereador Elias Zanetti
Os Vereadores RAIMUNDO NONATO SOUZA SILVA, EDEGAR DA ROCHA, GUTO DA SILVA TOUTA, e MACIEL DA SILVA ALBUQUERQUE, através do requerimento de Nº 220, requereram que seja feita a recuperação de duas pontes na Vicinal do Vale Verde; Os Vereadores MACIEL DA SILVA ALBUQUERQUE, EDEGAR DA ROCHA, GUTO DA SILVA TOUTA, e RAIMUNDO NONATO SOUZA SILVA  Requerimento 219, requereram que seja feita a limpeza, empiçarramento e colocação de bueiros nas ruas: Guimarães Rosa, Fernando Pessoa, Projetada 01, Projetada 02 e Projetada 03, as quais, suas extensões abrangem os Bairros Alvorada e Planalto;
Vereador Robson Alves
Vereador Marcelo Duarte
Vereador ELIAS ROBERTO ZANETTI, Requerimento nº 217, requereu que seja feita a recuperação das Ruas: Ulisses Guimarães entre Haroldo Veloso e 12 de Fevereiro e Rua Almerindo Valerim Pedroso, entre a 12 de Fevereiro e a Sete de Setembro no Bairro Centro; ROBSON ALVES DA COSTA, através do Requerimento nº 210 do corrente ano, requereu ao Excelentíssimo Prefeito Joselino TAKÁ Padilha, para que seja implantada em todos os logradouros públicos do município, e nas comunidades, a COLETIVA SELETIVA;
Vereador Sérgio Ribeiro
Vereador Anderson Guimarães
Vereador MARCELO DUARTE CORREA, Requerimento 197, requereu que seja construída uma Praça na Comunidade Piçarreira; Vereador SERGIO RIBEIRO, Requerimento nº 097, requereu que seja viabilizado a construção de banheiros na Escola Vila Nova; O vereador ANDERSON GUIMARÃES PINTO, Requerimento nº 049, requereu que seja construída uma praça em frente a ADEPARÁ, localizada no Bairro do Aeroporto I. O Vereador MARCOS JOSÉ DA SILVA FURTADO, através de sua MONÇÃO DE APLAUSOS de nº 001/2017, onde externa seus aplausos e congratulações aos deputados Zé Geraldo, Beto Faro, Arnaldo Jordy, Edmilson Rodrigues e Joaquim Passarinho. Esses foram os tópicos da reunião do dia 11 do corrente mês, e para melhor credibilidade, clique abaixo e veja cópias dos requerimentos e da Monção, como também as justificativas de cada legislador.


PREFEITO JOSELINO TAKÁ PADILHA FAZENDO JUS AOS VOTOS RECEBIDOS

Prefeito Joselino TAKÁ Padilha e Marciano Lira, Secretário de Infraestrutura
Prefeito TAKÁ, Secretários, Vereador Robson Alves e funcionários da
Escola Cristina Pinto em Divinópolis
Na terça-feira 28/08/17, o Prefeito de Rurópolis Joselino TAKÁ Padilha, mais uma vês esteve visitando o município e averiguando os trabalhos que estão sendo realizados e o que precisa ser feito. Logo pela manhã o Prefeito acompanhado do Vereador Robson Alves, Líder do Governo; do Chefe de Gabinete Mansuete Siqueira, e do Secretário de Infraestrutura, Marciano Lira, estiveram no distrito de Divinópolis, localizado a 70 km da sede do Município. Em Divinópolis o Prefeito visitou a construção de um barracão na escola Cristina Pinto, que está sendo concluído em estrutura metálica, medindo 08 x 18 m, já em fase de acabamento, e que servirá para que os alunos possam desenvolver suas atividades, além de reuniões e outras programações da Escola.
Prefeito TAKÁ, com a coordenadora da Escola de Divinópolis
Ainda em Divinópolis o Prefeito visitou também a escola que leva o nome da localidade. Na escola Divinópolis o Prefeito e comitiva puderam constatar a situação precária em que o prédio se encontra. O último serviço de reparo que a escola recebeu, segundo informações de funcionários, foi no ano de 2010, por ocasião da construção de duas salas de aulas, ficando praticamente abandonada até o presente momento. O Prefeito disse que vai verificar uma forma de melhorar a estrutura da escola, mas não deu prazo, para não gerar expectativas, pois o município não conta com recursos para fazer uma recuperação imediata.
Prefeito TAKÀ e vereador Neguinho Labigó na escola em Divinópolis
Acompanhado do Vereador Neguinho Labigó que é reside naquele Distrito, o prefeito também foi ver de perto o andamento das obras de limpezas e recuperações das ruas e locais públicos da vila que hoje conta com mais de 1.800 residências. Lá a equipe de infraestrutura já trabalha há duas semanas, onde faz a retirada de entulhos, nivelamento das ruas com empiçarramento e colocação de lâmpadas nos postes que se encontravam as escuras.
Defesa Civil recebe a presença do Prefeito TAKÁ
Defesa Civil recebe a presença do Prefeito Taká
De volta a sede do município, Taká fez rápida visita a Defesa Civil que está empenhada para realizar a entrega nos próximos dias de 650 cestas com alimentos para famílias que foram constatadas encontrarem-se em situação de extremas dificuldades. Neste mesmo dia, já na parte da tarde, o Prefeito vistoriou as obras de colocação de bloquetes nas proximidades da Câmara Municipal de Vereadores. Essa obra que visa pavimentar a frente da Casa do Poder.
Prefeito TAKÁ vistoriando os serviços frente à Câmara Municipal
Legislativo, é uma parceria entre a Câmara e a Prefeitura, é também a continuidade e o cumprimento de mais um compromisso do Prefeito que não mede esforços para dar uma nova cara à cidade.  O Prefeito encerrou o dia indo até o travessão Gaúcho, na região da Santarém Cuiabá. No final da tarde, entrando pela noite, Taká acompanhado do Secretario de Infraestrutura Marciano Lira, foi a Vicinal dos Gaúchos, próximo à divisa com o município de Placas, onde as maquinas fazem os serviços de alargamento e terraplanagem da vicinal dia e noite. 
Prefeito TAKÀ, juntamente com o Secretário Marciano Lira, fiscalizando os
trabalhos que estão sendo realizados nas Vicinais
Já era por volta das 23h00min, quando o Prefeito chegou à sua residência, após constatar, mesmo à noite, as péssimas condições da vicinal conhecida como Quarentinha. São mais de 20 km, onde somente carros traçados tem acesso e será a próxima a receber os serviços de melhorias. O Gestor municipal mesmo depois de um dia cheio e praticamente sem intervalos, mesmo para as refeições, reuniu ainda naquele momento com os assessores mais próximos, já para acertar as ações do próximo dia. Taká ressaltou que é preciso pressa para atender o maior número de vicinais; fazer suas recuperações aproveitando o período de estiagem na região, afinal o disse: são quase dois mil km de estradas que estão abandonadas há anos e precisam ser recuperadas, "Estradas recuperadas é nossa obrigação e sinal de respeito aos trabalhadores do nosso Município" Concluiu Taká.


Texto e fotografias sob a responsabilidade total de Paulino Magno – ASCOM/P.M.R.


quinta-feira, 10 de agosto de 2017

SEGUNDO DIA DA CONFERENCIA DE SAÚDE DE RURÓPOLIS E I PLENÁRIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE.

Pessoas que contribuíram para o sucesso do evento...
Professor Geisiel, senhora Francisca Schommer, Secretária Municipal de
Saúde Doutora Fernanda Cardoso e o Secretário Éder Baségio, representando
o Prefeito Joselino TAKá Padilha
Hoje, quinta feira (10/08), foi realizada nas dependências da Câmara Municipal de Vereadores, o segundo dia da CONFERENCIA DE SAUDE E I PLENARIA MUNICIPAL DE VIGILANCIA EM SAUDE. Em atenção à programação, às 08h00min foi dado início aos trabalhos, através da senhora Domingas Bomfim Santiago, que iniciou o dia falando em alteração no Estatuto porque tem 43 delegados inscritos: Art. 10º do Capítulo II Dos Membros, dos 43 inscritos, 36 seriam titulares, as associações que possam obedecer ao critério. A gestão poderá incluir três delegados e os trabalhadores também, passando de 60 para 72 delegados, para que se fizesse uma votação paritária, são 16 associações e entidades: 36 usuários, 18 trabalhadores e 18 gestões; eleita a proposta de mudança por 45 votos do total de 72 delegados credenciados.
Secretária Fernanda Cardoso e sua equipe de trabalho
A senhora Domingas esclareceu para os participantes sobre a votação e concorrência do Conselho de Saúde, que quem se inscrever tem que ter CNPJ em dias; Senhor Raimundo Macedo Filho, colocou o vídeo que não foi possível ser mostrado no dia anterior, vídeo esse, que mostra a saúde antes da criação do SUS e como foi o surgimento do SUS; Senhor Raimundo Macedo Filho, palestrou sobre o tema: FINANCIAMENTO – LEI COMPLEMENTAR Nº 141/2012-SUS LEGAL; explanou o tema deixando claro o entendimento da Lei, quem financia o SUS. Explicou que o recurso do fundo municipal, repasse do governo em montante e a gestão paga aos servidores, fornecedores de bens e serviços entre outros. E quando o município não gasta nada, nem o mínimo do repasse será punido o município e o Estado também; disse quem vai fiscalizar e porque irá fiscalizar.
Casal do Grupo Folclórico Onça Preta
A Lei Complementar é quem define a porcentagem do repasse do mínimo de 12% e o município tem a obrigação de repassar 15% de tudo que é arrecadado dentro do âmbito municipal. Existe um Plano de Saúde que é elaborado para um ano, com ações e metas que não se pode gastar dinheiro da saúde com outras áreas da administração, que a população deve estar atenta e deve cobrar até para ajudar a gestão a usar o recurso. A gestão junto com a sociedade tem que fazer esse acompanhamento; O que é SUS LEGAL? Os 5 blocos que existiam antes não existirão mais. Virá em um bloco só, investimento e custeio, que serão feitos os pagamentos em uma parcela única para as construções. Com SUS LEGAL irão reformular o SUS, mais para isso a população deve ter participação ativa; Senhora Domingas Bomfim Santiago abriu os debates sobre o tema palestrado, falando da vergonha do Governo Federal repassar 5% somente para saúde, por isso que os conselheiros tem que ser atuante, terminando sua fala, deixando aberto ao debate; VEJA A MATÉRIA COMPLETA CLICANDO ABAIXO.
Fotografias: Geovanio e H. Marinho
Informações: ASCOM/SEMSA ( Rudney Sousa, Paulo Borges da Silva e Lucas Carvalho de Magalhães)





quarta-feira, 9 de agosto de 2017

PRIMEIRO DIA DA VIII CONFERENCIA DE SAÚDE DE RURÓPOLIS E I PLENÁRIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE.

Hora da aprovação por unanimidade do Regimento Interno e Eleitoral
Vereador Robson Alves; Secretário da SEMMA Éder Basério; Secretária
da Saúde Fernanda Cardoso; Presidente do Conselho Domingas Bonfim;
Conselheiro Estadual, Raimundo Macedo e Promotora Mariana Sousa
CONFERENCIA DE SAÚDE é um espaço público de debates, onde se exerce a democracia participativa. Ou seja, são espaços onde diversos setores da sociedade discutem e apontam soluções para os problemas que envolvem a saúde da população. Serve para avaliar a situação de saúde e propor diretrizes para a construção da política de saúde nos três níveis de governo. Com a sua participação nessa conferencia, você pode ajudar a melhorar a qualidade de saúde do município, levando para o debate as necessidades e dificuldades de sua comunidade nos serviços de saúde, como indicar o que já está funcionando bem e que deve permanecer no serviço. A participação de todos é muito importante para garantir a definição de politicas de saúde adequada às necessidades da população e assegurar a saúde como de todos e dever do Estado.
Clube de Aventurieors Joias de Cristo
Ninguém melhor que o usuário, para dizer como está funcionando a atenção básica da sua comunidade. Transformar suas sugestões, reclamação e necessidades em propostas para serem discutidas. Hoje, quarta feira (09/08), às 14h00min, teve início a VIII CONFERENCIA DE SAÚDE DE RURÓPOLIS e a I PLENÁRIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE, com o devido credenciamento, realizado pela comissão Organizadora. O credenciamento estendeu-se até às 14h30min. As 15h00min, a responsável pelo cerimonial Jhwllyane Moraes, fez a abertura e a composição da mesa, com as seguintes autoridades: Promotora da Comarca de Rurópolis Doutora Mariana Sousa Cavaleira de Macedo Dantas; Conselheiro Estadual de Saúde Senhor Raimundo Macedo da Silva Filho; Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Rurópolis, Senhora Domingas Bonfim Santiago; 
Enfermeira Fernanda Cardoso - Secretária Municipal de Saúde
Secretária Municipal de Saúde, Enfermeira Fernanda Jacqueline Cardoso; representando o prefeito Municipal, se fez presente o Secretario de Meio Ambiente, senhor Éder Baségio, e representando a Câmara Municipal, Vereador Robson Alves. Logo após foi feita apresentações do Clube De Aventureiros - Joias De Cristo, cantando o Hino Nacional do Brasil e o Hino de Rurópolis. Com a palavra a Doutora Mariana Sousa Cavaleira de Macedo Dantas, falou sobre a importância da conferencia para a contribuição com o SUS na sociedade; logo após o conselheiro Estadual de saúde Raimundo Macedo, com a palavra, falou sobre importância deste espaço de debate, para a contribuição social, sobre políticas públicas e acrescentou:
 Promotora da Comarca de Rurópolis Doutora Mariana Sousa Cavaleira de
 Macedo Dantas
“todos que estão aqui, estão dispostos a colaborar com uma melhor vigilância em saúde e um melhor SUS; posteriormente usou da palavra a Presidente do Conselho, cumprimentou a mesa e convidados, e disse que: “a sociedade ruropolense está de parabéns por estar interessada em participar de conferencias desse tipo; é uma oportunidade para manifestar suas propostas, já que falta ainda melhorar muitos serviços de saúde, e é para isso que serve a conferencia de saúde, este plano de saúde tem que sair daqui com as propostas”. Em seguida com a palavra Éder Baségio, agradeceu em nome do prefeito, e falou sobre a importância da conferencia; Com a palavra o vereador Robson Alves, falou que a câmara dos vereadores está à disposição para tudo o que for bom para Rurópolis; 
Secretário Éder Baségio - Representando o Prefeito Joselino TAKá Padilha
Para finalizar os discursos a Secretária Municipal de Saúde, Enfermeira Fernanda Jacqueline, parabenizou todos os colegas que participaram para que a VIII CONFERENCIA DE SAÚDE DE RURÓPOLIS e I PLENÁRIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE, se confirmasse. Citou os nomes dos membros da comissão organizadora, e comissão adjunta, Jhwlliyane, Paulo, Iris Gerhardt. Equipe que trabalhou arduamente para que o evento acontecesse; agradeceu a presença da doutora promotora da comarca, representante do conselho Estadual, e presidente do conselho. “Este e um espaço para construir algo benéfico para a sociedade”, agradeceu a presença de todos e encerrou sua fala. Logo após com a palavra a senhora Domingas Bonfim Santiago, declarou aberta a VIII CONFERENCIA DE SAÚDE DE RURÓPOLIS E I PLENÁRIA MUNICIPAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE.
Vereador Robson Alves, representando o Presidente da Câmara Vereador
Anderson Giuimarães
Posteriormente foi lido o regimento interno pela Enfermeira Fernanda Jacqueline, e a Presidente do Conselho, senhora Domingas Bonfim Santiago. Foi explicado pela Secretaria de saúde que ao decorrer da leitura os delegados poderiam fazer objeções ou pedir informações suplementares a qualquer momento. Foram feitos os seguintes destaques: Inciso nono do Artigo segundo do capitulo primeiro, onde se lê biênio, leia-se quadriênio; no capitulo dois artigo decimo primeiro, onde se lê parágrafo primeiro e segundo, leia-se inciso primeiro, e inciso segundo. No capitulo um artigo segundo inciso sexto, onde se lê três delegados suplentes, leiam-se quatro delegados suplentes. Após passou para a leitura do regimento eleitoral. Destaque feito pela Secretária de Saúde, no capitulo três, artigo sétimo, onde se lê parágrafo primeiro e parágrafo segundo, leia-se inciso primeiro, e inciso segundo.
Domingas Santiago - Presidente do Conselho Municipal de Saúde
Foi questionado pela senhora Everalda Chagas de Moura o artigo decimo terceiro referente o tempo para a apresentação à assembleia, seus membros conselheiros. Ficou acertado então, que terá trinta dias para a apresentação. No capitulo quatro artigo quatorze parágrafo segundo, onde diz que é duas vagas para os usuários e um para suplente, leiam-se duas vagas para titulares e duas vagas para suplente. Após os debates e comentários, foi feita a votação do regimento interno e eleitoral, os quais foram aprovados por unanimidade. Na continuidade dos trabalhos, foi montado a Comissão Eleitoral de forma democrática; Começou com os delegados representantes da gestão, doutora Antônia Diana Aguiar Portela; Dos trabalhadores, Anália Mendonça do Nascimento; Dos usuários, Antoniel Jesus da silva. 
Raimundo Macedo, Conselheiro Estadual
Logo após ser montada a comissão eleitoral, foi dado cinco minutos de pausa na reunião. Depois de passado o tempo, a responsável pelo cerimonial, convidou a todos que voltassem aos seus lugares, para a continuação dos trabalhos. A palavra foi franqueada para a Farmacêutica Leticia Carvalho, que palestrou sobre o tema: “Vigilância Em Saúde: Direito, Conquista e Defesa de um SUS Público de Qualidade”, esclarecendo o artigo 196 e 198 da Constituição, deixando claro que a participação social, é que o usuário tenha um olhar diferenciado e com ideias para que possa ser implementada uma política de melhoria. Explanando os princípios básicos do SUS, apresentou um vídeo do portal do Ministério da Saúde para melhor entendimento destes princípios, e o que é o SUS. A Palestrante Letícia Carvalho, abriu espaço para debate e participação dos presentes.
Farmacêutica Letícia Carvalho - Palestrante 
Na continuação falou do conceito de vigilância em saúde, que até meados do século vinte a vigilância em saúde não era voltada a prevenção, não da forma que é hoje, que até então se tratava a doença, mas não havia esforços para cuidar que as pessoas não adoecessem. A portaria 13.078/2013, onde fala que a Vigilância em Saúde tem como dever prevenir certas doenças, com prevenções e ações em todo o território, prevenção, promoção e proteção. A palestrante destacou que em fevereiro de 2017, sobre os casos de febre amarela na comunidade Estrela do Norte, popularmente chamada de Piçarreira, onde foi seguido todo o protocolo para garantir a segurança da população. Falou também sobre um segundo caso da comunidade do km 115, onde também foram tomadas medidas protetivas. 
Jhwllyane Moraes (responsável pelo cerimonial), Enfermeira Fernanda
Farmacêutica Letícia Carvalho e senhora Domingas Santiago, respondendo
as perguntas referente ao debate
Logo após foi apresentado slides da equipe de vigilância em saúde e combates a endemias, em seus trabalhos em campo e dos trabalhos desenvolvidos quanto à proteção e feitas barreiras. Falou também sobre os trabalhos em relação aos casos de suspeitas de raiva. Colocou que as vigilâncias em saúde e a epidemiologia sempre andam juntas, e que a epidemiologia coleta dados faz o processamento e notificação e uma análise de possíveis casos para medidas cabíveis. A vigilância sanitária que funciona dentro da vigilância em Saúde, onde ela verifica estabelecimentos e tem ações educativas e manipulações de alimentos. Foi apresentado um vídeo com equipes visitando e conhecendo a realidade de moradores das áreas rurais, onde eram entrevistados para explanar e conhecer um pouco mais da saúde dos mesmos, vídeo esse realizado na comunidade de Santarenzinho localizada as margens do Rio Tapajós.
Seguimento dos Trabalhadores...
Logo após foi repassada a palavra para senhora Fernanda Jacqueline, que explanou sobre a vigilância, falou sobre os recursos para vigilância em saúde, fortalecimento de ações em vigilância, educação das profissionais em vigilâncias, a integralização da atenção básica e vigilância em saúde. “As ações perpassam pelo investimento e financiamento, onde seria feito investimento na infraestrutura e na educação, a capacitação de manipulação de alimentos e passarem qualificação e o que não se adequar, sofrerá com as medidas cabíveis”, com isso finalizou sua fala. As palestrantes Secretaria Fernanda e Letícia Carvalho foram homenageadas com uma Placa de reconhecimento. Foi aberto o debate onde a Senhora Ozenir Pinheiro Ribeiro da pastoral da criança, relatou que um carro espalhava salgadinhos vencidos para crianças e cobrou medidas capazes de coibir estes tipos de situações;
...Seguimento dos Usuários...
a Secretária de Saúde respondeu ao relato, informando que nesses casos poderiam procurar o setor de endemias e vigilância, para serem apuradas as sanções cabíveis. A Agente Comunitária de saúde Erika Duarte, enfatizou sobre uma vigilância mais eficaz sobre produtos estragados nos supermercados. A nutricionista Jhwllyane esclareceu que no ato da vigilância no comercio, quando é detectado algo parecido, o produto é levado e incinerado. O senhor Francisco disse que saúde e educação andam juntos ou deveriam andar; que as pessoas deveriam se policiar sobre essas politicas públicas, principalmente jogando lixo na frente da casa dos vizinhos e terrenos baldios. Domingas Bonfim, enfatizou a questão da fiscalização dos matadores no município, em relação a carne ser de qualidade. Fernanda disse que essa questão é da responsabilidade da ADEPARÁ.
...Seguimento da Gestão.
Domingas disse ainda: “Sobre o lixão e sobre os resíduos dos açougues, não podemos ficar calados com relação a esses assuntos”. A senhora Elizabeth enfatizou sobre as freezers dos supermercados que ficam desligados durante a noite reduzindo assim a qualidade dos produtos. Letícia Carvalho disse que houve uma reunião com comerciantes e os mesmos se propuseram a ajudar e apoiar as ações, e que estão a disposição para melhorias nesse âmbito. A senhora Ana Alves de Oliveira Ribeiro falou sobre pessoas que jogam animais mortos nas vias publicas e que acabam escoando para o rio mais próximo, que acaba por poluir o meio ambiente. A professora Rejenir questionou sobre a qualidade da água, e perguntou o que poderia ser feito.
Representantes da Gestão
Leticia falou sobre os animais mortos e porcos, que o veterinário estará fazendo uma ação no segundo semestre e se for o caso, até multa será aplicado. Sobre a água, a mesma disse que só a PH será analisado pela vigilância. Fernanda deixou claro que o município não tem como fazer estações de tratamento, e nem de esgoto. A senhora Madalena falou sobre a questão da fumaça, onde pessoas queimam o lixo. Em outra participação falou-se sobre a farmácia do agricultor e sobre a poluição ocasionado pela olaria. A secretaria falou sobre as ações tomadas sobre as olarias, e que a proposta do prefeito Taká de criação de um bairro industrial onde ficará a olaria e outras indústrias. Letícia disse que em relação aos terrenos baldios, a vigilância precisa de respaldo do Ministério Publico para poder tomar as medidas cabíveis.
Representantes dos Trabalhadores
Fernanda colocou que as farmácias populares ou farmácias do agricultor recebem um incentivo para fornecimento dos medicamentos. Logo após foi aberto espaço para elaboração de propostas e escolha de delegados que irão participar da primeira conferencia estadual de vigilância em saúde. Do seguimento dos trabalhadores, foi elaborada a seguinte proposta: 1-que o estado disponibilize recursos para implantação de aterros sanitários dos municípios da região do tapajós; 2-que o município possa elaborar e implantar processo de coleta seletiva do lixo; 3-que o estado juntamente com o município possa dispor de um clorador automático para colocar o cloro na medida correta na caixa de distribuição;
Representantes dos Usuários
4-que o estado viabilize e disponibilize recurso para implantação de redes de esgoto nos municípios da região do Tapajós; 5-implantação de equipes de cerestes nos municípios do Tapajós (que cuide da saúde dos trabalhadores); 6-ampliação dos recursos financeiros da vigilância em saúde (veículos); 7-programa de educação continuada e permanente para os profissionais da vigilância em saúde no âmbito municipal, estadual e federal; 8-coleta seletiva de lixo doméstico, meios de reciclagem, e aquisição de incinerador; 9-intensificar as ações de fiscalização nas águas potáveis principalmente nas escolas e UBS; 10-integrar as ações das equipes de ACE  e ACS e de promoção a saúde; 11-incentivo para ações preventivas e de promoção a saúde nos âmbitos de vigilância ambiental, vigilância no transito, ação de combate as drogas e saúde do trabalhador;
Nutricionista Jhwllyane Moraes, responsável pelo cerimonial
12-ampliar a fiscalização sanitária bem como a inserção de multa para os recorrentes; 13-intensificação de ações de zoonoses nas escalas municipais e estaduais; 14-aquisição de veículos para a vigilância em saúde. Foi votado e aprovado o delegado titular Josielto Francisco.
Do seguimento dos gestores, foram elaboradas as seguintes propostas (faltou informação)
Do seguimento dos usuários, foram elaboradas as seguintes proposta (faltou informação)
Foi passada a palavra ao Conselheiro Estadual Raimundo Macedo com o tema – participação social; Debate e proposição qualificados. O mesmo perguntou aos presentes se eles faziam vigilância em saúde, se os usuários verificavam a data de validade dos produtos ao realizar a compra. Falou sobre o marco das conferencias em vigilância em 1975, onde em uma proposta foi criado à vigilância epidemiológica no país. Ainda na sua fala disse que nas conferencias estaduais a briga para passar propostas é entre cento e quarenta e seis municípios do Estado. Falou também que vigilância ambiental é quase inexistente. A partir do Decreto 75.506 foi então que surgiu a verdadeira vigilância epidemiológica. Em 1988, com a criação e implantação do SUS, e dentro deste âmbito a criação de vigilância em saúde, vigilância sanitária e epidemiológica, e de meio ambiente. Citou também que a portaria 1.378, diz que será bloqueado recurso, todo dinheiro da vigilância, no caso da falta de informação. A mesma portaria dá plenos direitos aos municípios a fazerem a vigilância em saúde, e executar as ações. Logo após houve apresentação do grupo da Onça Pintada, e para finalizar o primeiro dia, foi servido um coquetel a todos os presentes. VEJA MAIS FOTOS CLICANDO ABAIXO.
Informações: ASCOM/SEMSA (Paulo Borges da Silva e Lucas Carvalho de Magalhães)