quarta-feira, 27 de março de 2013

EQUIPE DO CENTRO RENATO CHAVES REALIZAM PERÍCIA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE RUROPOLIS.

Impressão digital do assaltante


Peritos do Centro de Pericias Científicas Renato Chaves
Conforme prometemos na matéria anterior, estamos informando com maiores detalhes o que ocorreu e o que a policia está fazendo para desvendar a identidade dos autores do assalto realizado nas dependências da Prefeitura municipal. Após passar um pouco o alvoroço feito pelo o ocorrido e também pelas pessoas, procuramos o Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho, competente titular da Delegacia de Policia Civil e ele nos informou que desde a hora do crime ocorrido na noite de ontem, dia 26/03/2013, na prefeitura municipal, onde desconhecidos armados adentraram e renderam o vigia, arrombando a porta da sala de licitações e dali roubando vários documentos, dentre eles, contratos e processos referentes a licitações inerentes a área da saúde, transporte e serviços em gerais, a equipe de policiais civis, sob o seu comando, trabalha para desvendar a autoria. 
Pela manhã de hoje, procedeu-se a oitiva de várias pessoas, bem como foi acionado pelo diligente delegado apoio imediato de peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves do Município de Santarém, os quais levaram um tempo estimado de três horas para fazer um minucioso e exaustivo levantamento e varredura no local, tudo acompanhado pela autoridade policial e administrativa da cidade. Também, procedeu-se a reconstituição dos fatos conforme narração do vigia que foi amarrado pelos criminosos. A perícia técnica se utilizou de vários recursos, dentre eles fotografias, filmagens, anotações de dados, busca de vestígios, inclusive coletando as digitais dos ladrões encontradas enlameadas nas dependências da sala de licitações etc., para melhor embasar o inquérito policial que corre em sigilo afim de que se elucidem todos os fatos, bem como as autorias. 
Peritos afirmaram que o sucesso do procedimento técnico se deu em razão da diligência, cautela e presteza do delegado de Rurópolis, Doutor  Ary Vital Filho em preservar ao máximo o local do crime, inclusive identificando e isolando materiais em que a possibilidade de encontrar vestígios fosse maior. Tudo que foi coletado foi levado para análise em Santarém.  
O delegado Doutor Ary Vital Filho concedeu gentilmente tais informações com exclusividade para o blog Sem Polêmica, afirmando que as investigações policiais prosseguem em sigilo e que este suporte imediato dado pelos peritos de Santarém foi fundamental. Queremos agradecer a confiança depositada pelo DPC Ary Vital ao nosso humilde blog e dizer que estamos aqui à sua disposição, para informar aos munícipes o desenrolar de seu trabalho, que tenho certeza, será coroado de êxito, haja vista, a sua competência somada com a de seus comandados.

USUÁRIO DE DROGA VAI PARA CADEIA POR FALTA DE PAGAMENTO DE PENSÃO ALIMENTÍCIA A FILHOS MENORES

Aldino de Sousa Corrêa - VICIADO


Aldino Paulino de Sousa Corrêa, 24 anos, natural de Aveiro/Pá, nascido em 12/11/1987, brasileiro, solteiro, diarista, residente no Bairro do Alvorada, está preso na delegacia de polícia civil de Rurópolis por força de determinação de ordem judicial em razão da falta de pagamento de pensão alimentícia. No início da tarde de ontem (26/03/2013), por volta das 15hs, após ser decretada a prisão civil do executado, imediatamente, os oficiais de justiça do fórum local acompanhados de policiais militares, sob o comando do Cabo PM Pinheiro saíram para dar cumprimento a ordem judicial e ao localizar Aldino e lhe conduziram ao cárcere da delegacia , apresentando ao delegado de polícia civil, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho para demais providências pertinentes. Na delegacia, Aldino Paulino confirmou que não está pagando a pensão alimentícia, cujo valor mensal seria de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), para seus dois filhos menores de 02 e 03 anos de idade há 07 (sete) meses.
Maconha encontrada em poder do viciado
De acordo com o delegado de polícia civil, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho, o decreto de prisão civil em desfavor de Aldino Paulino foi determinada no prazo de 03 (três) meses, porém, havendo o pagamento da obrigação do débito no fórum local, certamente, será expedido em seu favor Alvará de Soltura pela própria autoridade judicial. Entretanto, não havendo o pagamento da pensão alimentícia devida, somente após o lapso temporal de três meses ele será posto em liberdade, como assim determinada o mandado de prisão civil. Doutor Ariosnaldo Vital Filho informou que a prisão civil fundamenta-se em vários artigos do ordenamento jurídico brasileiro, ao começar pela Constituição Federal, nossa lei maior, que reza que a família, base da sociedade tem especial proteção do Estado, assim, neste caso específico, considerados como manifestações do direito á vida os alimentos gozam de absoluta prioridade devendo o Poder Judiciário se utilizar de mecanismos rápidos e eficazes para que o credor alimentar tenha a satisfação de seu crédito.
Cola encontrada com o viciado
Entretanto, a história não termina aqui, durante o cumprimento da ordem judicial, policiais flagraram o devedor de pensão alimentícia consumindo maconha e cheirando cola juntamente com mais dois amigos que foram levados para delegacia de polícia civil. Eles confessaram que são usuários de droga. O material apreendido foi levado para ser periciado pelo bioquímico do hospital municipal, Doutor Paulo Júnior, o qual constatou em laudo provisório trata-se de aproximadamente 5g de maconha e 40 ml de cola de sapateiro. Conforme o delegado de polícia civil não ficou configurado o tráfico de drogas, mas sim o consumo pessoal, nos termos do art. 28 da Lei nº 11.343/2006, sujeito tal conduta a penalidades determinadas pelo Juiz, dentre elas a prestação de serviço à comunidade. 
Matéria do Blog Sem Polêmica, com informações e fotografias da POLICIA CIVIL de Rurópolis.
 

OPERAÇÃO CACHIMBÃO

Manoel de Araújo


Policiais civis, sob a supervisão do delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho e Militares, sob o comando do Sargento Juscelino Queiroz deflagraram, pela manhã, do dia 26/03/2013, a OPERAÇÃO CACHIMBÃO, realizada na vicinal de mesmo nome, localizada no Km 135, da Rodovia Transamazônica, trecho Itaituba/Rurópolis, área de difícil acesso e cheia de animais selvagens e peçonhentos, na zona Rural de Rurópolis, que culminou com a prisão de MANOEL DE ARAÚJO DOS SANTOS, natural de Santa Quitéria, nascido em 02/03/1947 por prática de crime de posse irregular de arma de fogo e ameaça a seus vizinhos de terra, inclusive JOSÉ PEREIRA, vulgo “CACHIMBÃO” vizinho de terreno.
Arma apreendida
Policia Militar e Civil com a arma
Mesmo considerada área perigosa e de difícil acesso, em razão da condição geográfica, a missão policial foi cumprida com êxito, levando a prisão em flagrante do colono que negou tais acusações durante o interrogatório realizado pelo delegado Ariosnaldo Vital Filho. Contudo, foi apreendido no poder dele uma espingarda, sem marca e numeração aparentes, calibre 20, municiada com dois cartuchos; arma esta que se utilizava para aterrorizar os moradores vizinhos.
Sgto. Queiroz e seus comandados
Dificil acesso
Participaram da operação policial na linha de frente o investigador de policia civil Hércules dos Santos Araújo, Sargento da Policia Militar Juscelino Queiroz Ribeiro e os Soldados militares Diego Alessandro e Marciel Picanço dos Santos. De acordo com o delegado de polícia civil, Doutor Ariosnaldo Vital Filho a conduta do conduzido foi enquadrada nos rigores do art. 12 da Lei nº 10.826/2003 e que as peças do flagrante delito serão encaminhadas para fórum local para apreciação do Poder Judiciário. Após os encerramentos das diligências policiais, o delegado parabenizou e agradeceu a todos os policiais pelo sucesso de mais um trabalho policial realizado em parceria em prol da comunidade, principalmente, em área de difícil acesso, onde muitos equivocadamente acreditam que a justiça e o poder de polícia não poderão alcançá-los .
Informações e fotografias: POLICIA CIVIL
 

ASSALTO NA PREFEITURA

Sede da Prefeitura

Interior da Prefeitura

Conforme informações da Policia Civil, hoje, dia 27 de março de 2013, compareceu na delegacia o senhor Jayme Rosa dos Santos Júnior, Coordenador de Controle Interno da Prefeitura Municipal de Rurópolis, relatando que por volta da 22:32hs de ontem, foi  informado pelo Advogado Edenmar Machado, o qual teria recebido um telefonema do Secretário de Finanças senhor Igor Touta, comunicando que havia ocorrido um assalto no prédio da prefeitura. De imediato o senhor Jayme se dirigiu até aquele local e verificou que a sala onde funciona o Departamento de Licitação teria sido arrombada e que toda a documentação que ali estava, havia sido roubada.  Em conversa com o vigilante que prestava serviço naquele local, o mesmo disse que dois indivíduos encapuzados e portando armas de fogo haviam lhe rendido, lhe amarrado e adentrado nas dependências da Prefeitura para cometer o roubo. O Delegado titular de Policia Civil no município, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho, falou para nossa reportagem, que está pegando depoimento das pessoas envolvidas e/ou que possam lhe acrescentar algo de novo e que as investigações ainda estão nas preliminares. Vamos acompanhar os trabalhos de investigação e qualquer novidade informaremos.
Informações: Polcia Civil  

MAIS UMA MOTOCICLETA DE EMPINADOR É APREENDIDA PELA POLÍCIA DE RURÓPOLIS.

Moto apreendida


Na manhã de ontem, dia 26/03/2013, policiais militares, sob o comando do Cabo PM Roberto Lages dos Santos apresentou na delegacia de polícia civil uma motocicleta Honda Bros, cor preta, sem placa, ano/mod 2010, a qual foi apreendida em poder de JOÃO FILHO LIMA, residente no Bairro Centro, pelo fato do mesmo estar empinando o veículo em plena via pública, em específico, na praça cívica, gerando perigo de dano e à vida de terceiros. De acordo com o delegado de polícia civil, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho além do crime previsto no artigo 311(Direção Perigosa) da Lei 9.503/1997 (Código Brasileiro de Trânsito), ele também responderá pelo crime previsto no art. 309 do mesmo diploma legal, uma vez que não comprovou possuir carteira de habilitação para dirigir. A polícia continua diligenciando no combate aos delitos de trânsito a fim de que se diminua tal modalidade e acidentes no município.
Informações e fotografia: POLICIA CIVIL




NOTA DO BLOG: Informamos aos policiais tando da Civil como Militar, que essas ações são constantes aqui na Rua Ayrton Senna e principalmente na Avenida Mário Andreazza. É dia e literalmente a noite toda, principalmente nos finais de semana os motoqueiros ficam á vontade nessa avenida, perturbando com suas motos barulhentas e empinando.  Na maioria menores e ninguem toma nenhuma providencia. Já não é a primeira nem a segunda vez que alertamos, mas o problema continua.