sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

INCRA recupera e constroi 415 km de vicinais no Oeste do Pará‏

O instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) está investindo R$ 14,8 milhões na recuperação e construção de 413,12 quilômetros de estradas vicinais no Oeste do Pará. As obras, que estão em curso, compreendem 11 assentamentos nos municípios de Placas, Rurópolis, Monte Alegre, Trairão, Óbidos, Alenquer, Novo Progresso e Altamira; esses projetos possuem capacidade para atender 4.350 famílias. O trabalho é respaldado por contratos assinados entre o Incra e empresas do ramo de infraestrutura e por um convênio firmado entre a autarquia e a Prefeitura de Alenquer.

Para fiscalizar as obras, o Incra instituiu uma equipe formada por seis técnicos, todos engenheiros civis. Mensalmente, eles realizam este trabalho, in loco, por um período aproximado de treze dias e produzem relatórios que embasam recomendações às empresas contratadas e o pagamento parcial das etapas concluídas.

As ordens de serviço para o início das obras começaram a ser expedidas pelo Incra no último trimestre do ano passado e o prazo atual para a conclusão vai até o final de 2012.

O superintendente do Incra no Oeste do Pará, Francisco dos Santos Carneiro, acrescenta, em referência à programação operacional de 2012, que todas as divisões da autarquia têm até o final de janeiro para apresentar as demandas e que novas obras de infraestrutura, como a construção e recuperação de vicinais, terão prioridade. “Temos de nos antecipar ao período eleitoral”, observa o superintendente.
 
Assentamento
Município
Capacidade (famílias)
Quilômetros
Valor da obra
Placas
Placas
344
40,61
R$ 1.649.873,89 (obras em fase de conclusão)
Rio das Pedras
Placas
259
9,7
R$ 281.702,10 (obras em fase de conclusão)
Curuá-Una
Placas
161
16
R$ 667.244,38 (obras em fase de conclusão)
Campo Verde
Rurópolis
248
36,11
R$ 1.599.137,30
Paraíso
Rurópolis
645
32,68
R$ 1.404.673,66
PDS Serra Azul
Monte Alegre
274
40,82
R$ 1.892.085,52
Areia
Trairão
280
74,40
R$ 1.552.844,16
Cruzeirão
Óbidos
450
30
R$ 985.079,29 (obras em fase de conclusão)
PDS Paraíso
Alenquer
484
25,25
R$ 1.344.075,15 (obras em fase de conclusão)
PDS Terra Nossa
Novo Progresso
1000
56,70
R$ 1.842.215,50
PDS Brasília
Altamira
205
50,85
R$ 1.615.172,73
 Total

4.350
413,12
R$ 14.834.103,68

Assessoria de Comunicação
Jornalista responsável: Luís Gustavo
COMENTÁRIOS NOSSO: Até que enfim uma noticia boa no que se refere aos trabalhos do INCRA. Há vários anos só víamos nos jornais e blogs, matérias denegrindo a imagem do Órgão. Esperamos que dessa vez, até a conclusão dos trabalhos e os gastos do recurso federal, não apareça nenhum “imprevisto”. Os agricultores devem ser os fiscais dos fiscais, verificando "in  loco" se realmente os trabalhos estão sendo feito. Verificando principalmente se realmente estão fazendo um trabalho de primeira e se estão cumprindo com o acordo feito junto ao Órgão. Agricultores, vocês que são os chefes, vocês que estão pagando por esse serviço. E mais, vocês que irão usufruir. A empresa contratada fazendo um bom serviço, vocês terão condições de retirar suas produções por um período mais duradouro. Ninguém está quebrando o galho de vocês o que estão fazendo (depois de muitos anos, quando deveria ser feito conforme a necessidade) é cumprindo com a obrigação, pois o governo federal é responsável por toda a infraestrutura que dará condições de sobrevivência ao agricultor, dentro dos projetos de assentamento para colonização e reforma agrária.
Matéria extraída do blog PORTAL TRAIRENSE e URUARÁ EM FOCO.
´Comentários: H. Marinho

POLICIA DE RURÓPOLIS ENCONTRA FRUTO DE ROUBO DA LOJA HERMES CONSTRUÇÕES.

A Polícia Civil de Rurópolis recuperou na manhã desta quinta-feira (29), os objetos de um furto realizado na madrugada de quarta-feira (28) no deposito da loja Hermes Material de Construções, que está localizado à Avenida Brasil – Bairro Vila Nova.
Segundo o Investigador Hercules que coordenou as investigações, informações anônimas ajudaram a policia a chegar até Herivelto da Silva, 19 anos, morador do Bairro Vila Nova, velho conhecido da policia. Herivelton abriu o jogo e disse que cometeu o arrombamento e que teve a companhia do menor  I.S.C.A, mas que foi ele quem entrou na loja e furtou o material. O investigador Hercules disse que os objetos roubados: 02 rolos de fio, 25 lâmpadas fluorescentes, e uma pistola de pintura, foram encontrados em um matagal no morro dos macacos, próximo ao Bairro Alvorada II. Essa foi à quarta vez que o deposito foi arrombado.
O delegado Ariosnaldo da Silva Vital, que comanda o inquérito policial, disse que mesmo Herivelto tendo confessado o crime e já ter diversas passagens pela DEPOL, uma delas por crime contra o patrimônio publico, vai responder o inquérito em liberdade. Vai depender da justiça se será preso ou não, pois o mesmo encontra-se em liberdade provisória.
O     Doutor Vital disse que a Policia Civil, Juntamente com a PM, vão trabalhar juntos para dar segurança nas programações de final de ano. Doutor Vital ainda agradeceu o apoio que tem recebido da comunidade em geral, fato que segundo ele, ajuda a policia a solucionar boa parte dos fatos ocorridos aqui em Rurópolis.

NOSSO COMENTÁRIO: Não entendi na reportagem, quando o Delegado da Policia Civil, Doutor Vital, diz que mesmo que o meliante tenha confessado o crime e já ter várias passagens, inclusive ter sido preso e estar em liberdade provisória, não poderá ficar em cárcere privado, pois depende da justiça a qual decidirá se o meliante deverá ser punido ou não. NÃO ENTENDO MAIS NADA... SE O CARA É REINCIDENTE, O QUE PRECISA PARA ESSE VAGABUNDO SER RETIRADO DO CONVÍVIO SOCIAL? É por isso que várias gangues, vagabundos, traficantes, ladrões e outros tipos de marginais estão se criando aqui em Rurópolis. A Polícia Civil e a PM prende, aí vem uma pessoa influente seja um “político” ou alguém influente e manda soltar. A polícia prende novamente e os caras mandam soltar e os vagabundos voltam a cometer os mesmos crimes e nada acontece, pois estão protegidos pela justiça, principalmente quando é “menor”. Menor ou não, é ladrão, é traficante, é um marginal e todos que vivem a margem da Lei, deve ser punido, seja ele quem for: branco, preto, rico, pobre, etc. Muitas vezes falamos que os policiais são incompetentes, mas, temos que refletir e analisar bem a situação deles. Eles são subordinados a uma hierarquia rígida que quase nunca o certo é que prevalece. A “justiça” é feita, dependendo de interesses, então... Quem for podre...
Reportagem: Paulino Mágno
Comentário; H. Marinho

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL!!!

No dia 24, em comemoração ao nascimento de Jesus Cristo, após comparecimento há missa do galo, eu, minha esposa, e meu filho Helder Júnior, recebemos em nossa residência, alguns amigos.

JR, Fia e Helder
  
Fia e H. Júnior
 
 
H. Júnior e Fia
 
H. Júnior, Fia e Helder    
E tive o prazer de contar com a presença dos irmãos e cunhados, Dirceu e Raimunda, Zezinho e Jeane, juntamente com seus filhos (esses moram na cidade de Trairão) e Raimundo e esposa que residem aqui em nossa cidade. Fiquei muito feliz com a presença, pois motivo a distancia é difícil o encontro, mas saibam que vocês são pessoas que admiro e que considero muito. Obrigado pela presença.

JR e Dirceu a dupla sertaneja

Zezinho, Jeane, Raimundo e esposa
e colega


JR, Gleison, Dirceu, Ramunda
e filhos

Dirceu e Raimundo
tomando "coca"

Raimunda e Dirceu
o casal sertanejo
JR e Gleisson
Vocal sertanejo


Helder, Raimunda, Dirceu e filho

minha irmã Raimunda


Raimunda e filhos

Zezinho e Jeane


Faltaram por motivos justificados, meus filhos que residem em Aveiro: Hewerton, Elenice e seu filho Renan “o comportado”, como também meu neto Heric Guilherme “o Peão”. Espero que no próximo, possamos comemorar juntos.
Os Aveirenses: Hewerton e Elenice

"Os comportados": Renan e Guilherme

UM FELIZ NATAL E UM ANO NOVO CHEIO DE REALIZAÇÕES PARA TODOS NÓS!



FOI UM CHOCOLATE NATALINO!!!

No dia 24 do corrente mês, foi realizada no estádio municipal de Rurópolis, a tradicional partida entre paraenses contra o “resto do mundo” (seleção formada por atletas oriundos de outros estados).

Equipe dos Paraenses

Equipe do "Resto do mundo"
Tudo bem organizado: campo marcado, trio de arbitragem oficial, tempo ótimo para uma boa partida de futebol de campo para atletas acima dos quarenta anos.
Velho Pará, organizador, técnico, atleta, roupeiro e massagista da equipe dos paraenses, convocou os atletas e escalou da melhor forma possível, haja vista, as figuras já não se encontrarem no melhor de suas formas físicas. No primeiro tempo, o jogo foi bem jogado, com as equipes apresentando um grande futebol. Os paraenses abriram o placar logo no inicio do primeiro tempo e enquanto teve fôlego o jogo se desenrolou propicio a uma vitória da equipe dos paraenses. Mas não souberam aproveitar as chances e como diz o ditado: “quem não faz leva”, os paraenses levaram um chocolate. Ainda no primeiro tempo a equipe do “resto do mundo” empatou a partida e o placar ficou em 01 x 01. No segundo tempo, apesar do esforço do técnico Velho Pará, colocando sua arma secreta Velho Valdinor para segurar na zaga e as defesas milagrosas do goleiro da equipe dos paraenses, não foram suficientes para evitar a superioridade da equipe do “resto do mundo” que jogou fácil e aplicou um goleada que terminou com o placar de 6 x 1. Dia 31, haverá a revanche, esperamos que a equipe dos paraenses se prepare melhor, pelo menos para que o jogo seja mais equilibrado.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

SEQUESTRADORES DE EMPRESARIO AMAZONENSE PRESOS EM RURÓPOLIS.


Emerson da Silva Brito - 21 anos -  Sequestrador
Três dos sequestradores do empresário amazonense Wellington Lins de Albuquerque, sequestrado na capital manauara dia 10 de dezembro/11, foram presos em Rurópolis na madrugada de domingo 18/12/11. 
Os fugitivos tomavam café da manhã em uma panificadora do centro da cidade quando foram abordados pela polícia e receberam voz de prisão.

Emerson da Silva Brito de 21 anos, conhecido no mundo do crime por Thon; Fabricio da Silva Sales 18 anos, conhecido por Marcelinho, e um menor das iniciais D. O. S, de 17 anos. 
Fabricio da Silva Santos - 18 anos - Sequestrador


Policiais amazonenses
Os dois primeiros são acusados de serem os mentores do sequestro do Wellington Lins há dez dias. O quarto elemento preso em Trairão, é Marcos Rodrigues da Silva 22 anos, acusado de ajudar na fuga dos sequestradores.  
Marcos Rodrigues da Silva -
22 anos - ajudou na fuga







Doutor Vital
Policia do Amazonas
e
sequestradores

     
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
As prisões foram efetuadas graças aos serviços de inteligência das policias do Pará e Amazonas que trabalharam em parceria na captura dos fugitivos. Após o sequestro em Manaus, que segundo a policia envolveu ao todo 14 pessoas e renderam aos sequestradores um milhão de reais, os mentores do crime, únicos que ainda estavam soltos fugiram para Santarém e posteriormente aqui para Rurópolis
Doutor Vital, delegado de policia civil de Rurópolis
Policiais militares de Rurópolis, Policiais do Aamazonas
e sequestradores na hora do embarque para Manaus

Comunicado do fato, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital, delegado de policia civil de Rurópolis, juntamente com sua equipe e a Policia Militar, deram suporte para o grupo FERA de Manaus, comandados pelo secretario Thomas de Vasconcelos e pelo delegado Antônio Chicre que efetuaram a prisão dos acusados, sem resistência. 

Policiais se preparando para a viagem de retorno a  Manaus
  Formado por 14 pessoas o grupo sequestrou o empresário e pediu um milhão de reais pelo resgate da vitima. Durante a operação a policia resgatou 897 mil reais, o restante 103 mil, segundo os sequestradores, foram gastos com passagens, hotéis, e outras despesas, logo depois do sequestro. Hemerson e Fabricio eram os últimos da quadrilha que ainda estavam soltos.
De Rurópolis os três foram levados para Santarém e posteriormente para Manaus, sendo que Marcos Rodrigues da Silva ficou preso em Santarém.
Wellington Lins é empresário no ramo de educação e irmão do Deputado Federal Átila Lins e do Deputado Estadual Belarmino Lins filiados ao PSD amazonense.
Reportagem e fotografia: Paulino Mágno
Postagem: H. marinho
 

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

ENFORCADOS POR LIVRE E ESPONTANEA VONTADE

No dia 17 do corrente mês, às 20h00min, decidiram-se enforcar, por livre e espontânea vontade, os amigos HIGO (Magrão) e JOICE BELO. A cerimonia foi realizada na sede social do Sporting, onde após a parte religiosa, foi oferecido um farto coquetel aos convidados.
Quero pedir desculpas por não ter tido condições de participar do evento e comemorar com meu amigo, uma data tão marcante que é a união de duas pessoas, principalmente quando há amor. Peço ao Homem lá de cima, que ilumine o casal, e que reine sempre a cumplicidade, a compreensão, saúde e muita paz. Que vocês saibam conduzir essa união com muita felicidade, fazendo jus ao juramento feito. Por razões particulares não pude me fazer presente, mas enviei meus representantes

Higo e Joice

Higo e Joice recebendo as alianças
  
Higo e Joice mostrando as alianças
 
Higo e Joice, sendo condenados
 
H. Júnior e noiva
 
H. Júnior e noivo

H. Júnior e seu filho Heric Guilherme

Fotografias: H. Júnior e Heric Guilherme Marinho


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A PALHAÇADA ACABOU!

Ontem dia 11, foi realizado o plebiscito onde o povo paraense “tinha o poder de escolher” se queria ou não a divisão do Estado do Pará, para a criação do Estado do Tapajós e Carajás. Foi à politicagem mais sem vergonha que esses politiqueiros paraenses já inventaram para fazer mais uma vez o povo de palhaço. Primeiro, porque o “SIM” não tinha e não tem nenhuma chance de vencer o “NÃO”, haja vista, o número de eleitores do “NÃO” serem muito superior ao do “SIM”, chegando quase ao dobro. Se todos nós da região do Tapajós e Carajás votássemos “SIM” e 33% do pessoal da região de Belém nos ajudasse, mesmo assim ainda seria difícil passar. Se conseguíssemos a maioria, ainda poderia haver o veto da Presidente. Então, o resultado nas urnas, só foi surpresa para os inocentes que ainda confiam no papai Noel e na cegonha. Quantos milhões foram jogados fora? Mas... Merecemos isso, pois temos os políticos que escolhemos, pois se não fosse por nossa vontade eles não estariam lá, então... O CULPADO SOMOS NÓS!!!!!!!!!!! PARA QUE RECLAMAR?????????? No próximo ano, tem novo pleito, você já pensou em quem vai votar? Não adianta pensar, pois é a mesma rapaziada, fecha o olho e marca o X.
Aqui em Rurópolis, a eleição transcorreu na maior tranquilidade possível e o pessoal mostrou que queria realmente a emancipação e a criação do Estado do Tapajós, pois aqui e em todos os municípios vizinhos não deu menos de 90% para o sim. Infelizmente não teria como vencer o não, só se cada eleitor pudesse votar três vezes...
  
Eleitora e mesários da Seção Eleitoral 48/70
atendimento perfeito e tranquilo

 
Seção Eleitoral 48/70, recepção tranquila

As 17h00min foram encerradas as votações e as urnas foram levadas para o Fórum onde fica também o cartório eleitoral. Foi destacada para a recepção na chegada do material, a senhorita Ana, representando o cartório, para conferencia e posterior envio para a mesa receptora.  
 
Fórum de Rurópolis

Senhorita Ana, fazendo a recpção de primeira urna
Depois de recepcionadas pela representante do cartório eleitoral, o material de votação era repassado para a mesa onde seria feito a conferencia do material, verificação correta da entrega dos boletins e do número de eleitores que votaram que justificaram ou que deixaram de votar. Após conferencia o boletim e os disquetes eram enviados para a sala de transmissão onde um técnico oriundo do TRE/PA estava aguardando para transmissão dos dados.
 
"Voluntários" conpondo a mesa receptora

"Voluntários" conpondo a mesa receptora

A Eleição transcorreu tranquila e logo às 20h00minhs o pessoal do cartório eleitoral já transmitia os últimos boletins. Os trabalhos do cartório eleitoral teve a frente o senhor José Raul Almeida, recém-chegado a nossa cidade, concursado para exercer a chefia do referido cartório e que fez, juntamente com a sua equipe, um trabalho excelente tanto na organização, como na recepção.
   
Raul e Ana
   
Técnico do TRE/PA

O pessoal responsável pelo Cartório Eleitoral, fazendo a transmissão do boletins direto para o TRE/PA
 
Raul, chefe do Cartório eleitoral e sua equipe: senhorita Ana e Técnico do
TRE/PA.






FINAL DO CAMPEONATO MUNICIPAL

No dia 10 do corrente mês e ano, foram realizadas as partidas finais do Campeonato Municipal de Futebol de Campo em Rurópolis, do ano de 2011, sagrando-se campeão a equipe Negão Autopeças, que derrotou a equipe do Palmeira do km 75 pelo placar de 5 x 3.
NÊGÃO AUTO PEÇAS
CAMPEÃO MUNICPAL 2011

PALMEIRAS - VICE
 Na partida anterior, entre as equipes do Sporting x AAR, a vitória foi do Sporting, pelo placar de 1 x 0. Ficando a classificação final, conforme a seguir: Negão Autopeças – CAMPEÃO – Palmeiras – VICE, Sporting – 3º lugar e AAR, 4º lugar.  

Trio de arbitragem que apitou a final
O campeonato, como sempre, foi realizado com administração da Prefeitura Municipal, através de seu setor de esporte, sob o comando do sempre competente e ex-atleta Galvão e seu comandados.
 
Torcida presente
 
Vice Prefeito Vilson Gonçalves
Vereador Jonas e Prefeito Aparecido


Infelizmente, as equipes, estão menosprezando os atletas locais, contratando jogadores das cidades vizinhas, pagando um absurdo, que na maioria das vezes o investimento não é justificado. Nesse ano, o campeonato foi disputado com 99,9% dos atletas oriundos de outros municípios, principalmente da cidade de Santarém, Itaituba, Altamira, etc., ou seja, foi um intermunicipal e não um campeonato local. As equipes do Sporting e AAR investiram mais de cinquenta mil reais e ficaram em terceiro e quarto lugar respectivamente. Trazem vários “biriteiros” e jogadores em final de carreira, simplesmente um bando de mercenários, que não estão nem aí, se perdem ou se ganham, enquanto o atleta local fica de fora, sendo menosprezado pelos cartolas.
A torcida prestigiando o evento

Troféus ofertados na competiçã

No próximo campeonato, vamos dar valor à prata da casa, vamos ajudar esse pessoal bom de bola que temos e fazer deles verdadeiros atletas, que não precisaremos buscar ninguém de fora e teremos um campeonato melhor apreciado.
HIGO (Magrão) Cartola, atleta, massagista e roupeiro
do Sporting recebendo o troféu de terceiro lugar das mãos
do vereador Jonas.